quarta-feira, 23 de maio de 2012

STAR WARS: O Regresso de Jedi



Autor: James Kahn


Título original: Star Wars - Return of the Jedi


Ano: 4 ABY (após Batalha de Yavin)

Da trilogia inicial (episódios 4, 5 e 6) este filme foi o que gostei menos. Continuava excelente, mas eu sempre dei mais valor à história do que à acção, e sempre senti que este filme tinha menos história do que os anteriores. Felizmente, e para minha surpresa, este livro é o melhor desta trilogia, sendo o que faz melhor o seu "papel de livro", dando mais informações sobre o filme, e ao mesmo tempo torna-se no mais agradável de ler, pelo menos para o meu gosto. A escrita torna a leitura rápida, interessante e objectiva.

Praticamente tudo o que acontece no filme, acontece aqui e sem alterações, estando a diferença no conteúdo extra. Não são muitas as adições, mas são importantes. O autor leva-nos ao interior da mente de Luke e principalmente de Vader, como nenhum outro autor fez nesta primeira trilogia. Este foi para mim o ponto mais interessante do livro, pois as dúvidas de Luke e de Vader preenchem a história de forma perfeita, e acredito que quem não saiba o fim da saga, ficará preso ao livro nestes momentos.

Uma vez mais o livro consegue, em termos de conteúdo, estar acima do filme, sendo mais completo, complexo e esclarecedor. As personagens são fieis ao filme mas mais desenvolvidas, com curiosidades interessantes para serem lidas. Em relação à história, não me vou alongar para não retirar a surpresa a quem não viu os filmes, mas acreditem que vale a pena pensar em todo o caminho de Vader, indiscutivelmente a personagem principal, sendo simultaneamente a personagem que "mais fundo cai" e na qual tudo encaixa. No fim sabemos que toda a sua vida teve como motor, o seu amor extremo.

Sendo este o último livro, o autor tentou explicar muito do passado, principalmente do que aconteceu nos filmes/livros que seriam futuramente publicados (episódios 1, 2 e 3). Este é para mim o único problema do livro, porque claramente ficamos a perceber que George Lucas apenas tinha uma ideia do que acontecera na Guerra dos Clones. Existem várias incoerências sem grande importância mas o facto de este livro nos dizer que Anakin nunca soube que Padmé estava grávida, é a prova dessa vaga ideia por parte de Lucas (ou não fosse a gravidez de Padmé o catalisador da queda de Anakin).

No entanto estes pormenores não estragam o livro nem a saga, e ao fim de ler os 6 livros, sigo-vos com toda a certeza: se não viram os filmes, então leiam os livros! Todos eles superiores em todos os aspectos (tirando a componente visual que nenhum livro poderia alcançar), tornam esta saga obrigatória para quem gostar do género. Para os que já viram os filmes, os livros dão conteúdos novos (principalmente os episódios 2 e 3) e serão uma leitura agradável e com algumas surpresas. Se quem começar a explorar mais este universo, então leiam estes 6 livros.

Um dia voltarei a esta saga, pois adoro-a. Para a memória ficará o muito completo e revelador Episódio 3 (com uma visão muito bem conseguida sobre Anakin e suas acções) e o excelente Episódio 5 (com diálogos geniais entre Luke e Yoda). Mas acima disso estará sempre a personagem Darth Vader, que com este último livro, completa-se ainda mais, obrigando-nos a pensar sobre as suas acções, e mesmo quem não goste deste género literário, não poderá retirar a qualidade que esta imortal personagem tem. Genial.

Mais livros Star Wars em breve!

8 comentários:

  1. Mais uma opinião que me faz entrar nesta saga. Talvez ainda este ano! Parabéns pela divulgação.

    ResponderEliminar
  2. Mais uma opinião que convence. Também acho este filme mais parado do que os outros. A parte do resgate do Solo acho que demora demasiado tempo. Mas estou curioso para ver esse entrar na mente do Vader de que falas.

    ResponderEliminar
  3. Grande crítica. Adorei ler.

    ResponderEliminar
  4. Continua com este universo. Estou a achar as tuas opiniões muito interessantes.

    ResponderEliminar
  5. A saga já está na minha lista pró futuro. Vais continuar a ler livros editados em Portugal ou passar para os ingleses?

    Uma vez mais parabéns pelo grande trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carvalho.

      Vou misturar um pouco os livros ingleses com os portugueses. vou tentar ler todos os que saíram em Portugal.

      Eliminar
  6. Excelente critica! Continua!

    ResponderEliminar
  7. Li toda a saga e digo que concordo contigo em tudo. Acho que até percebi melhor alguns pormenores agora que leio as tuas opiniões. É uma saga que aconselho totalmente e eu nem sou um grande fãs dos livros. Parabéns e continua!

    ResponderEliminar