quarta-feira, 16 de maio de 2012

STAR WARS: O Império Contra-Ataca


Autor: Donald F. Glut

Título original: Star Wars - The Empire Strikes Back


Ano: 3 ABY (after Battle of Yavin)

O 5º episódio Star Wars é considerado por muitos como o melhor filme da saga. Pessoalmente não me consigo decidir mas é óbvio que sempre olhei para este filme como um dos melhores dentro do género, e como tal, as expectativas em relação ao livro eram grandes.

- Um grande guerreiro? - A criatura abanou a cabeça, com o cabelo todo branco a descair-lhe em torno das orelhas pontiagudas. - As guerras não fazem grande ninguém. 

Falando um pouco sobre as diferenças entre filme e livro, a verdade é que são poucas, e como tal quem tiver visto o filme não irá ler grandes cenas que não tenham aparecido. A diferença está um "bocadinho" em cada página, com o autor a dar mais profundidade a certos momentos e ligações. A relação entre Leia e Solo está muito melhor, mais compacta e credível, as acções de Vader são mais complexas e simultaneamente mais fáceis de se perceberem, mas é no treino entre Yoda e Luke que o livro ganha uma dimensão superior, tornando-se melhor do que o filme. 

- Não e não! - atalhou Yoda, impaciente - Não vais tentar. Vais fazer. Fazer! Ou então nada. Não tens de tentar.

A história está excelente e nota-se que o autor teve a capacidade de não baixar o ritmo em demasia, criando uma narrativa que obriga o leitor a continuar a ler. Em relação às personagens, apenas posso dizer que estão todas melhores do que no filme. Com mais "tempo" para cada uma, temos uma visão melhorada de Vader, Luke, Yoda, Solo, entre outros. Esta profundidade, baixa obviamente o ritmo, mas nunca deixa de ser uma leitura compulsiva.

- Seres luminosos somos nós, e não esta matéria imperfeita - rematou ele, beliscando a pele de Luke.

Agora, o que torna este filme/livro tão bom? Tudo. O encaixe perfeito de ficção-científica, filosofia e o toque indirecto uma religião e forma de encarar a nossa importância no universo em que vivemos. Darth Vader, o grande personagem da saga, tem um papel fortíssimo em tornar esta história em algo realmente negro, sem esperança ou sorriso, onde vemos Luke a cair e a falhar. Por outro lado temos Yoda, capaz de, com sábias palavras, oferecer esperança e o significado que Luke necessita para continuar. Mas afinal, até que ponto o medo condiciona uma pessoa? Até que ponto Luke está apenas a enfrentas Vader e não a soma dos seus medos?

- Eu... - começou ele, maravilhado. - Não acredito!
- É por isso - declarou Yoda com veemência - que não consegues.

Tal como disse noutras opiniões, o livro Star Wars: A vingança dos Sith, é o livro que mais oferece de novo aos leitores, estando muito acima do filme a um nível que não esperava; mas este Star Wars: O Império Contra-Ataca é o grande livro da saga pelo que revela, mesmo sem se distanciar tanto do filme, com diálogos excelentes, uma visão inspiradora e acontecimentos /revelações que marcaram tanto a saga como o próprio cinema. Afinal de contas, está aqui a frase mais famosa da 7ª arte (e que não revelarei para quem nunca tenha visto/lido esta saga).
Uma vez mais o livro está acima do filme: mais completo e mais esclarecedor, sendo uma leitura interessante para qualquer fã, mas serão aqueles que nunca viram os filmes que terão aqui um livro magnífico. 

Digo-o sem qualquer dúvida: todos aqueles que nunca viram a saga, leiam estes livros! 

11 comentários:

  1. Eu estou mais k convencido a ler toda a saga. Obrigado!

    ResponderEliminar
  2. Grande opinião e grande escolha de amostras do livro. Frases marcantes a todos os niveis. Parabéns por um blogue com tão grande qualidade. Fico à espera do fim da saga aqui e estou entusiasmado porque não conheço os livros. Só lamento que o terceiro não esteja cá á venda.
    Este é o meu filme preferido, só por curiosidade.

    Mais um livro a adicionar aqui ao excel com as futuras compras.

    ResponderEliminar
  3. Dou-te os parabéns por conseguires convencer uma pessoa sem revelares nada da história. Consegues faze-lo muito bem. Lá mais para a frente começo a comprar estes livros. Na feira do Porto devem ser baratos.

    ResponderEliminar
  4. Excelente critica, cativa sem revelar o que não deve!

    Continua Luis!

    ResponderEliminar
  5. Continua! Grande texto! É um grande filme e até fiquei com vontade de o ver! Os livros também devo comprar, mas também vai demorar. Depois aviso!

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Luís, por mais uma excelente crítica! eu gosto muito da saga e adorei ler esses momentos do livro que colocaste no texto.

    ResponderEliminar
  7. Continua em grande! May the force be with you!

    ResponderEliminar
  8. Uma vez mais obrigado a todos. Vou tentar acabar a sega de livros na próxima semana!

    ResponderEliminar
  9. Olá Luis ;)

    Antes demais as minhas mais sinceras desculpas por andar meio desaparecido, sabes que gosto do teu blog e em especial dos teus comentários sempre interessantes e que nos deixam com imensa vontade de ler os livros, mas nem sempre o tempo e a paciência ajudam lol.

    Mais uma excelente critica, a ver se faço uma pesquisa para saber como comprar estes livros.

    Seja como for fica já combinado que se fores à feira do livro do próximo ano em lisboa terei em atenção as tuas recomendações e esta será seguramente uma saga que ficará para comprar.

    Se já leste e não quiseres os livros diz-me *assobio* lol

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paulo! Não tens nada que pedir desculpa! Eu também tenho esse mal que é a falta de tempo.

      E antes da próxima feira tens de combinar aí um jantar com a malta para finalmente nos conhecermos!

      em relação aos livros, nunca me desfaço de livros, nem daqueles que sei que não voltarei a ler. Já te mando um mail, se quiseres posso emprestar-te!

      Abraço

      Eliminar